“Fazer banheirão”

Não podia faltar o Tedson. Pergunta: como é que se diz "ganhei dinheiro público pra chupar rola em banheiro público" em pós-modernês? "Procedi autoetnografia não-comercial ressignificando um espaço para desejos dissidentes". Calma Tedson, ninguém está aqui pra te oprimir com homofobia. Eu aprecio uma estrovenga suculenta. Mas a diferença é que eu faço isso em… Continue lendo “Fazer banheirão”

“Branco fora do lugar”

A autora dessa dissertação achou a forma mais pomposa que eu já li de dizer "sai daqui, branco": "minhas apreensões acerca do habitus da/o 'branca/o fora do lugar'". Pode enganar alguém com esse gerador de lero-lero humano, mas escrever "CENSO" no lugar de "senso" já diz muito, né quiridam? Não me engana. Nem você sabe… Continue lendo “Branco fora do lugar”