Querido memista incompetente…

Querido memista incompetente que produziu este meme: a única coisa que você conseguiu provar com ele é que você, socialista, imagina que a sociedade (“dinâmica social”, vá lá) é “produzida” por bem vs. mal, só que você troca “bem” por “proletariado” e “mal” por burguesia.

Certamente nós aqui não somos os primeiros a apontar o maniqueísmo do pensamento marxista, nem a semelhança dele com os justiceiros sociais, que, filhotes do marxismo que são, substituíram “burgueses vs. proletários” por “brancos vs. negros”, “gays vs. héteros”, “mulheres vs. homens” etc.

Vou dar a mais sucinta explicação que eu posso para você entender por que a sua “dinâmica social” está errada: ela presume que há dois grupos e que a única interação (econômica) entre eles é o que foi batizado por teóricos de jogos (como o John Nash) de “jogo de soma zero”. A soma é zero porque se um dos grupos ganha +1 ponto, esse ponto sai de um conjunto escasso e finito de pontos, e então esse ganho de ponto (representação de riqueza, prestígio ou que você quiser que tenha valor) equivale a -1 ponto para o outro grupo.

É fácil provar que essa dinâmica marxista não explica muita coisa. O pib per capita cresceu em todos os países ditos “capitalistas”. Ou seja, não só os “burgueses” (os mais abastados) observaram um crescimento na riqueza, como os trabalhadores, os mais pobres, e a classe média (que sempre foi um problema pra teoria de Marx) também observaram isso. Todo mundo enriqueceu. Os mais pobres nos EUA hoje são várias vezes mais ricos do que os mais pobres nos EUA da época em que Marx começou a escrever. Esse problema leva os marxistas atuais a alegar que é porque até os mais pobres dos EUA estão num jogo de soma zero com o resto da humanidade, então se todo mundo enriqueceu nos EUA, isso significa que os países pobres estão pagando o preço. Mas esse remendo, também, é falso.

O site Our World in Data, de um pesquisador de Oxford que agrega dados de milhares de outros pesquisadores, prova isso de várias formas, por exemplo neste artigo.

O mundo enriqueceu em toda parte especialmente a partir dos anos 1980, e é justamente a época em que os regimes comunistas caíram e ao menos um mínimo de liberdade econômica foi introduzido em lugares como China e Rússia.

Você está tão errado, e tão guiado por ideias tolas, que se tentasse acertar jogando dados e moedas teria mais chance de falar alguma coisa de valor sobre o assunto.